Queer Museu | Santander Cultural

16/08/2017 - 06/10/2017

A mostra explora a expressão de gênero e a diferença na arte brasileira através de um conjunto de obras de meados do século 20 até a contemporaneidade. A exposição reune cerca de 264 de 85 artistas brasileiros dentre eles Flávio Cerqueira.

The show explores the expression of gender in Brazilian art throught a set of works from mid 20 century to the present. The exhibition brings together some 264 works by 85 Brazilian artists among them Flávio Cerqueira

Santander Cultural

De 16 de Agosto a 06 de outubro de 2017 | From August, 16 to October 06, 2017.

Rua Sete de Setembro, 1028 | Centro Histórico
Porto Alegre – RS | Brasil | 90010-191
Telefone: 51 3287.5500
scultura@santander.com.br | www.santandercultural.com.br

Horário de funcionamento
Terça a sexta, das 10h às 19h Sábados e Domingos, das 11h às 19h Não abre aos feriados

Tuesday to Friday from 10am to 7pm Saturdays and Sundays from 11am to 7pm Closed on public holidays

Metrópole: Experiência Paulistana

08/04/2017 - 18/09/2017

Flávio Cerqueira participa da exposição Metrópole: Experiência Paulista onde estará reunidos trabalhos recentes ( ou não ) de artistas cujas obras manifestam peculiaridades do viver nesta cidade.

Megalópole latino-americana, São Paulo é a síntese de todas as cidades do continente exalando em seus obstinados e desmesurados contrastes a sensação de se viver no eterno anseio por uma realidade menos amarga e mais solidária. Viver em São Paulo é estar em constante deslocamento, é quase permanentemente experimentar a cidade em relances fugidios, vislumbrando a ordem no caos, o caos no caos”, afirma Chiarelli, curador da exposição.

 

De de 8 de abril a 18 de setembro de 2017

Das 10:00 –  17:30  | Fechado às terças-feiras Fechado

Preço: R$ 6 – Entrada gratuita aos sábados

Largo General Osório, 66 , Santa Efigênia, 01213-010, São Paulo, SP

www.pinacoteca.org.br

 

Sul-Sul: Deixe-me recomeçar

28/01/2017 - 04/01/2017

Flávio Cerqueira participa da segunda edição do projeto Sul-Sul. A Galeria Goodman realiza a exposição Deixe-me Recomeçar, na qual esboçam-se paralelos entre artistas latinos americanos e do sul do continente africano, cujos trabalhos dão-se de forma engajada em relação a conjuntura política vivida em seus respectivos países desde meados do século XX. Tem-se como objetivo traçar convergências e divergências daquilo que atualmente é aludido por esses artistas em países tal como Cuba, Brasil, África do Sul, Angola , Moçambique , São Tomé e Príncipe e Namíbia.

South-South: Let Me Begin Again

Flávio Cerqueira takes part in the second edition of our South-South series. Goodman Gallery presents Let me begin again, an exhibition drawing parallels between artists from the Global South, whose work is situated within and beyond the afterlife of political revolution. The show looks at cross- cultural influence and divergence – both historical and recent – between countries such as Cuba, Brazil, South Africa and Angola, as well as other regions such as Mozambique, and Namibia; featured artists born in or living between these countries or in the diaspora.

MONUMENTAL

19/11/2016 - 18/12/2016

Um dos mais belos cartões postais do Rio de Janeiro se transformará, durante um mês, em um grande museu aberto com obras modernas e contemporâneas. Como um presente de fim de ano, a ‘Marina Monumental – Arte na Marina da Glória’ marca a devolução desse espaço público ao carioca após o período dos Jogos Olímpicos. A exposição, de 19 de novembro a 18 de dezembro, reunirá trabalhos de grandes dimensões de 19 artistas de algumas das principais galerias brasileiras. O Artista Flávio Cerqueira irá apresentar a escultura “Sobre tudo, mas não sobre qualquer coisa.

Monumental – Arte na Marina da Glória

19 de Novembro – 18 de Dezembro de 2016

Esplanada da Marina da Glória

Endereço: Av. Infante Dom Henrique S/Nº, Glória

Rio de Janeiro, RJ

Informações: Tel: +55 (21) 2555-2200

Horários: Aberta ao público 24h

Classificação indicativa: livre

Se precisar, conto outra vez

14/05/2016 - 11/05/2016

Em sua segunda exposição individual  na galeria Casa Triângulo, intitulada “Se precisar, conto outra vez”, o artista apresenta seis novas esculturas em bronze, realizadas especialmente para a mostra, onde aborda de maneira sútil, questões ligadas a forma na qual aprendemos sobre a nossa própria história de um ponto de vista europeu e de como estas narrativas ficcionais deixam de lado, culturas ancestrais na América Latina.